Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PANORAMA

PANORAMA


A tarde declina mansa na praia. Ao longe se descortina a enseada.
Num cenário de fundo, o pico da montanha no horizonte.
Sob a neblina que se forma ao cair da tarde sobre o oceano.
Dando-lhe um toque de magia e de mistério!

As ondulações do mar serpenteiam sua borda.
No fluxo e refluxo das marés, em ritual incessante.
O ocaso em nesgas de fogo tinge de rubro o horizonte.
Uma bola vermelha em pouso no espaço infinito.

O vento agita as longas folhas das palmeiras.
E carrega as areias formando pequenas dunas.
Gaivotas cruzam o céu em revoadas.
Conchinhas na espuma das ondas, são pontos brancos sob as águas.

Águas vivas  de pernas longas, trazidas pela corrente dos mares
São jogadas  inertes sobre as areias úmidas.
Em indolência, o entardecer está indo embora.
Um sabiá canta! Anunciando o desabrochar da lua.

Berná Fiuza

Berná Fiuza
Enviado por Berná Fiuza em 09/10/2007
Reeditado em 28/04/2009
Código do texto: T687577

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Berná Fiuza
São Paulo - São Paulo - Brasil
26 textos (832 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 17:26)