Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desabafo!

Eu verso porque versar me faz
Ser mais capaz
De olhar pra trás.

E não enxergar o mais
É não viver jamais
É duvidar de tudo
É questionar o mundo
De um total absurdo que me deixa mudo.

Diante disso tudo
Vou até o fundo
Busco um ser imundo que nem viu seus pais.
Pois que isso me traz
Uma tristeza voraz que não agüento mais.

Eu choro porque me tornei incapaz
De defender quem vem atrás
De buscar algo mais
Numa dor que não se desfaz
Que qual mal me traz
Viver para nada, ademais,
Sobreviver não me satisfaz.
FÁBIO BARBOSA
Enviado por FÁBIO BARBOSA em 08/11/2005
Código do texto: T68804

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FÁBIO BARBOSA
Olinda - Pernambuco - Brasil, 37 anos
120 textos (7815 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:28)
FÁBIO BARBOSA