Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BARATA, BARATINHA

Barata, baratinha!
O terror de toda menininha
Barata, baratinha!
Sua antena, hum...
Qualquer garota desatina

Barata, baratinha!
Só de vê-la veloz correr
Não há uma só mulher
Que suba numa cadeira
Procurando se esconder

Ah! Barata, baratinha!
Barata, baratona!
Fingem que não sabem
Que o confronto é um desconforto
Pois mulher e barata ao se verem
Nada mais, nada menos
Se espantam!
maria do carmo alves marques de castro
Enviado por maria do carmo alves marques de castro em 12/10/2007
Código do texto: T690784
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (mcarmo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maria do carmo alves marques de castro
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
90 textos (3765 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 06:59)
maria do carmo alves marques de castro