Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempo

Hoje o tempo se foi
O dia acordou mais cedo
O Sol brilhou minutos antes
A manhã foi fria
Eu nem tive tempo de olhar o céu
As horas passaram cinzas por mim.
Hoje não almocei
Não tive tempo para ver o tempo passar
A carne apodreceu, as frutas voltaram ao pó
A tarde estava quente. Só sei disso porque ainda
Sinto calor. Calor? O Sol continua (va) frio. Eu é que
Teimava em aquecer a chama da vida. Por quê? Porque respiro
O tempo, mastigo os minutos. Porque sou fruto do tempo que não pára.
Hoje o tempo se foi
A noite chegou mais cedo
A Lua apareceu horas antes
O crepúsculo foi avassalador
Não tive coragem de olhar o céu
As estrelas riam tediosas de mim, do
Tempo que não tive para dar tempo a elas.
Hoje não jantei
Não tive tempo para esquentar o prato
O tempo me deixou sem tempo para pensar nele
A noite estava gelada. Não havia pessoas comigo. Ninguém
Ninguém teve tempo de me dar um tempo para ficarmos um tempo juntos.
Hoje o tempo se foi
A morte chegou mais cedo
Estava sem tempo. Passou aqui em casa
E me levou para o universo cronológico para que eu
Tivesse tempo de acordar mais cedo, ver o Sol nascer, olhar o céu
Contar as horas, almoçar, sentir calor, ver a Lua, jantar, amar.
Hoje o tempo me deu um tempo para pensar no tempo. Eu preciso de um tempo!
Leonardo Rodrigues
Enviado por Leonardo Rodrigues em 09/11/2005
Código do texto: T69155
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leonardo Rodrigues
Anápolis - Goiás - Brasil, 33 anos
7 textos (421 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:00)
Leonardo Rodrigues