Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAI SER POETA NA VIDA!

Quando eu nasci um anjo falou-me assim:
"Não vou dizer pra você ser gauche na vida,
Porque isso eu já disse a alguém com mais qualidades
E cujo talento foi saudado por todos”.
Percebi logo que o meu anjo era cínico:
De que adiantava dizer pra eu ser outra coisa,
Se o que todo poeta quer ouvir é a frase:
"Vai ser gauche na vida?" (que poeta não sabe disso?).
Mas, não, o meu anjo, que não me fitava nos olhos
E trajava uma túnica que um dia já fora branca
(Estava bem encardida, e rota em algumas partes),
O anjo deu-me as costas, soltou ao céu uma borboleta
(Até hoje não sei por que ele soltou a borboleta)
E, antes de ir embora (acredito que para o céu; dizem
Os doutos que os anjos habitam o cerne das estrelas),
Ao invés de mandar-me ser gauche na vida,
Ele disse (notei um sorriso sarcástico nos lábios):
"Vai ser poeta na vida!"
Roberto Fortes
Enviado por Roberto Fortes em 13/10/2007
Reeditado em 13/10/2007
Código do texto: T692410

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Fortes
Iguape - São Paulo - Brasil
72 textos (3472 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 03:16)
Roberto Fortes