Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APENAS AMIGOS

Pois bem meu bem
A gente é só amigo.

Até que eu sopre o teu pescoço
E você envolva os dedos no meu dorso.

Depois aquele soluço,
Os lábios magnéticos colados
Aquela dança das línguas.

Depois é cupidez,
Os corpos ofegantes
Tocando-se incessantemente.

Desfruto dos teus seios,
Tens avidez pelos meus toques
Cobiça possui-me.
mário cardoso
Enviado por mário cardoso em 13/10/2007
Código do texto: T692744

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site http://recantodasletras.uol.com.br/autores/abelha). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
mário cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 32 anos
370 textos (15013 leituras)
3 áudios (242 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:35)
mário cardoso