Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fellings


Deixei num canto qualquer adormecido
O sério pudor das novas promessas,
Para acordar num mundo às avessas
Que nem sei se queria ter conhecido.

Faltou paixão.
Faltou tesão.

Olhei bem dentro de mim, outra vez
Lá estava você no mesmo lugar;
Convidando-me ao seu espaldar
Rindo escrachado da minha estupidez.

Faltou fellings.
Faltou limiar.

Ave César, abre-te que me quero livre.
Não há prisão mais doce que a tirania
Da própria liberdade. Eis que ela revive.

Faltou pavor
Sobrou amor

Encena no tablado da sua rebeldia
Sem aplauso, tampouco platéia
Para quem atua sua outra face?

Faltou mistério...
Sobrou tédio...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 14/10/2007
Código do texto: T693402

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (56656 leituras)
25 áudios (3276 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 10:21)
Angélica Teresa Almstadter