Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“Liberta”

"Ataram meus pulsos
Até que eles sangrassem
Até que a minha vida partisse
Para longe.
Onde estão os  que diziam acreditar-me?
Partiram?
Morreram?
Fugiram do monstro que criaram.
Sou mais um anjo caído,
Sou mais um de vocês,
Abandonado,
Sem vida,
Sem alma,
Como vocês...
Mas vocês são diferentes,
Vocês nos criaram
São superiores.
São seres com alma
Diferentes de mim,
Apenas um espírito a vagar
Perdido através das brumas
Vou partindo
Sem vida,
Sem alma,
Como vocês...
Covardes,
Com suas idéias tão fétidas
Acham que podem nos render
Não somos parte de vocês,
Suas cadeiras elétricas
Não mais me machucam,
Suas mordaças
Não me impedem de gritar
As chamas de suas pobres fogueiras
Apenas aquecem minha pele
Clamarei pela liberdade,
Libertem a virgem!
Libertem o velho!
Libertem o novo!
O que vem e o que virá.
Libertem-nos dessa prisão,
Onde está o paraíso,
Onde estava você quando clamei por ti?
Estava dançando?
Bebendo?
Enquanto eu sofria,
Tremia de frio e de dor,
Agora não me importo mais,
Posso ficar em paz,
Sem vida,
Sem alma,
Como vocês..."
Simone Magalhães
Enviado por Simone Magalhães em 15/10/2007
Código do texto: T694765

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Simone Magalhães
Sumaré - São Paulo - Brasil, 29 anos
3 textos (118 leituras)
1 áudios (89 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 22:56)
Simone Magalhães