Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                            A TUA COR





Certa vez encontrei-te
Era já noite…
E a noite era da cor da tua pele
Mas mais escura ainda
Era a tristeza
Que adivinhei nesse teu olhar fiel

Quando a noite finalmente
Foi dormir
A tua cor ressaltou na luz do dia.
Foi então que vi melhor
O teu olhar
Com ausência total de alegria

Só mais tarde consegui
Compreender
O motivo real dessa tristeza
Era a troça e o riso
Das pessoas
Que te gozavam com desprezo e frieza

Mas pensa bem que afinal
Não tens razão
Em ficares triste e perderes a tua calma
Porque no fundo o que interessa
Realmente
É a linda cor que tem a tua alma…

Edite Costa
(minha Mãe)
Zélia Santos
Enviado por Zélia Santos em 16/10/2007
Código do texto: T696898

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zélia Santos
Portugal
4 textos (935 leituras)
59 áudios (8245 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 21:30)
Zélia Santos