Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SIMPLESMENTE...MAR!

Num navio viajando
Nas ondas a baloiçar

Onde feliz pareço estar
Com amigos conversando!

Alguns deles vão pescando
Atum,carapau,sardinha

Que sorte será a minha?
No mar...eu vou mergulhando!

Mar salgado,mar profundo
Mar imenso e azulado

Tens um barco naufragado
Escondes um lindo mundo!

Algas,peixes coloridos
Tesouros abandonados

Por outras naus lá deixados
Por piratas esquecidos!

Foste mar de descobertas
E és mar de vendavais

Arrrasas com temporais
Nessas noites tão incertas!

Levaste reis ao perfil
De novas terras então

Ceuta,Goa e Damão
Foram chegando ao Brasil!

Pareces ser mar infindo
Levas os barcos ao cais

Se te olho...vou sorrindo
E não choro...nunca mais!
O Poeta Alentejano
Enviado por O Poeta Alentejano em 21/10/2007
Código do texto: T703357
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Poeta Alentejano
Portugal, 50 anos
855 textos (13778 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 23:36)
O Poeta Alentejano