Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O DIA AMANHECE

O dia amanhece,
as palavras se esquecem
que têm que dormir também

O dia já aquece,
as palavras desobedecem
não querem dormir sem alguém

O dia também pede,
que as palavras, em sonhos, se vestem
me chame pra que eu durma bem

O dia agradece,
já que as palavras reconhecem
que nos sonhos o amor pode vim, porém...

O dia não promete,
pois o amor nos sonhos aparecem
se as dores das palavras dizem amém
Naldo Coutinho
Enviado por Naldo Coutinho em 13/11/2005
Reeditado em 13/11/2005
Código do texto: T70865
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Naldo Coutinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
111 textos (6977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:24)
Naldo Coutinho