Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O nobre sentimento

Água cai dos meus olhos
Quando estou no ônibus
e vejo crianças tristes pedindo nos sinais.
Dor no peito
assim que contemplo gente
nas ruas suplicando por algo mais
Angústia da minha alma
contemplando manchetes:
mortes e misérias no jornais.
Vilipêndio,suplício -sinto.
Olho para mim,
como sou esgotada de sentimentos
não penso na história
contada nos versos acima
Choro,esperneio,curto a dor do
meu peito.Sim!Sinto!
Mas só por aquilo que em mim
São golpes fatais!

                 Como sou sentimental
                 Sinto-me
                 o mais vil dos animais
                 Eu sofro,
                 E viro os meus olhos do sinal!
Elié Silva
Enviado por Elié Silva em 26/10/2007
Código do texto: T710757

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 28 anos
55 textos (1145 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:41)
Elié Silva