Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Primavera fria

A espera é longa.
Eu já apresento sinais de cansaço:
olhos constantemente vermelhos,
dores no corpo,
dificuldade para encontrar versos...
Problemas pelos quais o mancebo sonhador
ainda não havia passado.
Acreditei em dias promissores,
e aguardei serenamente a minha primavera.

Hoje, em mais uma noite de uma primavera fria,
sou a mesma figura loira,
sentada no mesmo leito,
mas desta vez escrevendo este antipoema.

O meu único desejo
é ter uma tranqüila
noite de sono.
Felipe Novais
Enviado por Felipe Novais em 27/10/2007
Reeditado em 03/01/2009
Código do texto: T711947

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Felipe Machado Novais) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Felipe Novais
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 31 anos
53 textos (6068 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 16:31)