Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Metáfora:

 Metáfora:

O amor!...
Flor que ri!
Riso que desabrocha.
Choro que debocha;
Diamante que não é rocha.
Imortal poema jamais escrito.
Dor que não dói;
Mas, agoniza em grito.
Néctar do teu beijo;
Coração!...
Fiel depositário do que não há.
Visão sega que mostra tudo;
Eco que grita mudo!
Sentimento!
Solução homogênea separada.
Abraço caloroso de mãos geladas.
Bala de aço que não fere.
Vulcão em erupção que brota:
O amor!...
                          Flávia Freitas



flavia freitas
Enviado por flavia freitas em 27/10/2007
Código do texto: T711951
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
flavia freitas
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 43 anos
203 textos (10317 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:03)
flavia freitas