Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sábado

É sábado, alguém me lembra
Não é dia de reprimenda
E sim de desistir das convenções;
Se despir da formalidade,
Se deitar sobre a serenidade,
Hoje, é possível alimentar ilusões.
Nada de compromisso,
Nada de hora marcada
- só se for pra balada -,
nada de obrigação.
É momento de dar sumiço
Em qualquer complicação.
Sábado, é o início do fim-de-semana,
Depois contenta-se com o outro dia;
Mas não pense que ele me engana,
Freando toda essa correria.
O domingo vem chegando,
E vai logo me lembrando
Que de folia,
Só me resta mais um dia;
A folga vai acabar infelizmente;
E chega a segunda-feira,
-com seu ar impertinente-
Diz que vai ficar a semana inteira
E que  já é dia de expediente.

 

 

 

 

Elizabeth F de Oliveira
Enviado por Elizabeth F de Oliveira em 27/10/2007
Código do texto: T712105

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elizabeth F de Oliveira
São Luís - Maranhão - Brasil
124 textos (9250 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 12:40)
Elizabeth F de Oliveira