Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosas

Entregar-te-ia rosas mil,
Em demonstração de meu sentimento,
Mas a dor em mim perdura,
Restam as rosas de meu sofrimento, rosas de minha amargura.

Rosas minhas, rosas murchas,
Morreram por teu desprezo,
Morreram em meu desespero,
Morte minha, rosas tuas.

A noite chega e o céu escurece,
Desejo que as lágrimas cessem,
Mas, contra minha vontade, elas prevalecem.

O sol nasce e com ele há esperança.
Desejo esquecer o que passou,
Espero que lembres de quem tanto te amou.


Guilherme Henrique Miranda
São Vicente, 01/10/2007
Guilherme Miranda
Enviado por Guilherme Miranda em 28/10/2007
Código do texto: T713463
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guilherme Miranda
São Vicente - São Paulo - Brasil, 27 anos
8 textos (322 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 08:12)
Guilherme Miranda