Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sine qua non


Não precisava ser inteiro,
Não podia ser só metade
Eu conhecia essa fração de segundos
Que separa o eco da verdade;
A frase ficou manchada
Pelo filete de sangue das palavras.

E agora o que eu faço
Se não cicatriza essa agonia?
Mato o verbo que conjuga
Amor aos pedaços?
Ou abro o mar mais uma vez?

Guardo a amargura embolorada
Como presente cordial,
Restos do seu capricho
Um pouco ou nada original.
Em que vale verde guardou os risos
As lembranças tolas?

O castiçal sobre a mesa
Queima e arde os meus olhos,
A promessa das primeiras lágrimas
Não durarão mais que um verão.
Chuvas fininhas não serão
Já que não apagam
As rachaduras deste chão.
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 28/10/2007
Código do texto: T714204

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (56643 leituras)
25 áudios (3276 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 05:56)
Angélica Teresa Almstadter