Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luares Adormecidos

Lençois do avesso
Pela cama os sonhos insones
De uma noite toda a ouvir estrelas
 
Remexendo calmamente
Meu corpo dormente,
Descubro escuro em mim.
 
Alma vagante
Sentimentos errantes
 
Insônia voraz!
 
Dóem os músculos,
a carne, a pele,
as víceras.
 
Tudo dói.
Tudo sinto.
 
Manhã de sol reluzente
Que exploda-se o mundo!
 
Quero dias cinzas e conversas tolas,
Quero sonhos bizarros,
quero café amargo,
quero um afago!
E ao deitar, quero sono profundo
a noite inteira...
Anamaria Moraes
Enviado por Anamaria Moraes em 29/10/2007
Código do texto: T714349

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anamaria Moraes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 34 anos
12 textos (286 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 15:41)
Anamaria Moraes