Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Folha Morta

Eu sou a folha que cai no chão
Expulsa da árvore,
Escolhida a dedo pelo acaso,
Dormindo na quentura do asfalto
Que treme nas entranhas
Enchendo-a de medo.

Enquanto sente o calor
Queimar sua pele amarela,
Anseia o sopro do vento
Para levá-la ao anonimato daquela
Vazia viela.

Mas não tem vento.
E se não tem vento, o tempo
Carrega os carros que vêm
Passando no sinal verde.

- verde eram as outras
ainda presas na árvore,
antigas companheiras -

O vento não veio mesmo.

A pequena folha morreu no asfalto esmagada
E a visão do céu foi lhe foi tomada
Por pneus negros
De borracha.
André Espínola
Enviado por André Espínola em 30/10/2007
Código do texto: T716468

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Espínola
Recife - Pernambuco - Brasil, 32 anos
247 textos (12433 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 15:51)
André Espínola