Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O amanhã não existirá mais...

O amanhã não existirá mais...

Pedras, ruínas, cidades ao chão,
  O futuro comprometido com a chacina,
     Homens devorando homens,
       Mulheres tratadas como vadias,
          E crianças morrendo por causa da missão.
            Bárbaros se levantarão armados na violência,
              A força será a sobrevivência,
                 E a inocência desaparecerá sem pena,
                   Não existirá mais verdade,
                      E quem primeiro puxar o gatilho saberá a resposta.
                        Espadas se erguerão prontas para a matança,
                          A máfia será de marginais,
                            E a sede será saciada com sangue,
                              Assim será o futuro! Onde não existirá o amanhã. O céu se cobrirá de nuvens negras,
   Chuvas ácidas rasgando a pele,
     O amor se confundido com o ódio,
        Sentimentos de pura covardia,
          E o único grito, é somente de dor...
             Irmãos se matarão na busca do poder,
               E quem for mais forte fica, se não morre!
                 Os fracos serão jogados fora,
                    Servindo a vida como esmola,
                      Não lhes restará outra opção,
                        Deverão baixar a cabeça, curvar-se ao chão,
                          E aos poderosos, render devoção...
           
Assim será o futuro! Onde o amanhã não existirá mais...


Tontonio Araújo
Tontonio Araújo
Enviado por Tontonio Araújo em 03/11/2007
Código do texto: T721203

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tontonio Araújo
Codó - Maranhão - Brasil, 46 anos
2 textos (73 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 14:09)
Tontonio Araújo