Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De Um Quase Tudo

Se não pudermos
aproveitar a vida
de que adianta viver

Sonhos, ilusões?
Não
digo que foram
conclusões
logo
algumas horas com você
valeram por uma vida

Vida, horas
que vivi amando
Um quase nada
que foi tudo!
doce recordação
que nos lábios acorda

O cheiro, perfume
Frases que à alma trespassa
num local . . . num objeto mudo
Nós dois e tudo
de um . . . quase nada.

Texto:  Plínio Sgarbi & Irani Genaro
Plínio Sgarbi
Enviado por Plínio Sgarbi em 04/11/2007
Código do texto: T722584
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Plínio Sgarbi
Jaú - São Paulo - Brasil, 55 anos
241 textos (226253 leituras)
21 áudios (3302 audições)
5 e-livros (514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 14:39)
Plínio Sgarbi