Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Labirintos da Alma

Minh’ alma tem seus esconderijos
lugares que nem eu conheço;
estradas por onde eu caminho,
sózinha,
esquinas que eu atravesso.

Minh’a alma tem sua vielas,
ruas e becos sem saída
caminhos escuros onde as vezes corro
e peço socorro,
quando ela me deixa assim, perdida.

Tem recônditos perdidos a minh’alma:
montanhas, cumes e um mar revolto
tem recantos de paz onde eu descanso
e tem pequenos rios, de águas calmas.

Tem canteiros de amores perfeitos
florescendo em todas primaveras,
flores do campo roxas e amarelas
que quase crescem prá fora do meu peito.

Minh’alma tem matas tão densas
e labirintos que eu não desvendo,
Minh’alma tem coisas tão intensas
e muitas delas...ah, nem eu entendo!

Mara Regina Weiss
Enviado por Mara Regina Weiss em 04/11/2007
Reeditado em 24/08/2009
Código do texto: T722858
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mara Regina Weiss e o site marareginaweiss.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mara Regina Weiss
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
405 textos (30110 leituras)
1 áudios (100 audições)
22 e-livros (2803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 19:03)
Mara Regina Weiss

Site do Escritor