Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alice

Minha amiga me chama pelo nome
minha mãe me insulta
Vodka
alguma coisa tem que levar a culpa pelo o que fazemos
para não enlouquecermos

Abraçar uma almofada
por não alcançar o telhado
Dar um barquinho de papel para Alice

Se cansar da incerteza da existencia
não se prender a promessas
Promessas o caralho

Abandonar o violão
mas não a musica
Blues,portas,se conformar com o cinzeiro quebrado
Jogar xadrez

O dançar de uma bailarina não são de ouro ou prata
Há dor nos pés e no coração
para que chegue cor em nossos olhos

Cor,cores

O amor tem cor?
O nosso precioso e egocentrico amor
Se amassemos tanto quanto falamos seriamos anjos
Mas somos humanos
somos humanos...
Ramones (Silvio Romão)
Enviado por Ramones (Silvio Romão) em 05/11/2007
Código do texto: T724091
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ramones (Silvio Romão)
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 32 anos
26 textos (1154 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 12:02)
Ramones (Silvio Romão)