Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Compensação

Quando compro alguma coisa,
Não é  por pura vaidade,
Nem tampouco necessidade,
É por auto-compensação.
Não é preciso ser psicóloga,
Nem vidente ou taróloga
Pra entender a condição.
Esse pequeno mal-estar,
No ato da aquisição,
É uma forma de compensar,
Uma certa insatisfação.
Sei que tudo é temporário,
E acho que nem no meu armário,
Vai caber tanta desilusão.
Vendo as roupas penduradas,
Direitinhas, bem passadas,
Dá até satisfação.
Pois os ressentimentos,
As angústias e os tormentos,
Estão bem organizados,
Nos cabides pendurados,
No closet no meu coração.














Elizabeth F de Oliveira
Enviado por Elizabeth F de Oliveira em 05/11/2007
Código do texto: T724099

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elizabeth F de Oliveira
São Luís - Maranhão - Brasil
124 textos (9251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 08:10)
Elizabeth F de Oliveira