Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Condenada por não amar

De onde vem essa agonia?
A dor que do meu peito clama,
como lava ardente que devora,
devastando tudo pela frente.

Um dia lindo, como tormento. Sem igual!
A aurora infeliz, não deixou de se vingar.
Só! Estou só! Mais uma vez,
erros imperdoáveis foram cometidos.

E permanecem, como carrascos,
não deixam a imagem no espelho,
O sorriso sempre cobra, um amor
que não fui capaz de corresponder.

De onde vem essa culpa por não amar?
Por que não posso simplemente ignorar?
Ignorar? Será? O que fazer?
desistir? Desistir de que?

Do amor? Do querer?
Não. Desisto de entender.
E procuro a ignorância, total felicidade.
Rosana Rogeri
Enviado por Rosana Rogeri em 06/11/2007
Código do texto: T725517

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosana Rogeri
Campinas - São Paulo - Brasil
100 textos (5034 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 19:37)
Rosana Rogeri