Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PESADELO

Esse sonho indiscreto
não foi descrito direito.
Cadê a legenda que me foge?
E o cabideiro sem cabimento
que comporta as odes e os versos bobos
de mil poetas impertinentes
fazendo coro pra eu cantar?
Quem disse que quero compor?
A bateria não me cabe mais
no canto da sala de estar,
ou na garagem, sei lá;
o violão desafinou de não tocar
e o teclado ficou mudo, de não cantar.
E ainda me vem esse sonho
querendo virar pesadelo:
um faminto, um coxo, um leproso,
e eu, sem remédio, sem remorso, sem sufoco?
Que é isso, meu Deus?
Universal
Enviado por Universal em 07/11/2007
Reeditado em 07/11/2007
Código do texto: T726689

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Universal
Caxias do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil
6 textos (121 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 11:39)
Universal