Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem rimar

Procurei inutilmente uma rima que pudesse mostrar meu sentimento. É claro que poderia nascer a qualquer momento, como brota uma flor. Mas não é assim o amor. Ele nasce quando os dedos tocam a pele sutilmente, e os olhos se cruzam timidamente, delicada prisão da alma. É preciso calma, ritmo, compasso, pra não fazer do amor um fracasso. Felicidade, é isso que se busca, quando da intimidade nasce o sonho. É por isso que me proponho, a dar o coração em uma bandeja, a quem merecedor seja, de tamanha entrega. Esse fato não se nega. Quando tudo conspira a favor, não há como evitar o amor. Não há fugas nem rusgas. Somente o sorriso que se instala, e qualquer montanha se escala. E acontece sem pensar, quase nos tira o ar. O pensamento não se comporta. Ri sem parar, sai pela porta. E você espalha aos quatro ventos, que vai viver novos momentos, porque o brilho voltou ao seu olhar.
Christina Ferreira
Enviado por Christina Ferreira em 08/11/2007
Código do texto: T728078

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.umdiaumaestrela.wordpress.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Christina Ferreira
Manaus - Amazonas - Brasil
9 textos (470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 08:01)
Christina Ferreira