Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esta sou eu

Sobre mitos que habitam em mim
Entre jaulas de leões
Aguas separadas
Desbravadas do tempo que me afogo
Momento inesperado
Pausa vital
Marca digital
Que me denuncia para sempre…
Essa sou eu
Um pouco deste e daquele
Fruto caído no chão
Ora verde, ora maduro…
Planta morrendo de sede por vezes
Alimento preciso no momento certo.
Sou o quero por segundos
Isto e aquilo
Azul e branco…
Malmequer ou rosas
Paixão insolente
Amor ardente
Agonia de desperdício
Olhos rasos de lágrimas
Sou o que quero às vezes
E quando não sou nada
Quando não resta nada
Das flores resta o vazio
E do meu vazio desaguam palavras.


Joana Sousa Freitas
Enviado por Joana Sousa Freitas em 17/11/2005
Código do texto: T72881
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joana Sousa Freitas
Portugal, 40 anos
118 textos (7239 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:24)
Joana Sousa Freitas