Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MACONHA

Erva seca,
quando queima,
seduz a vizinhança.

Quem cultiva,
aperta, embola,
segue os códigos da roda:
ritual marijuana!

Mary jane
- doce planta!

Bob Marley,
Mano-Chao,
Cheech,
Chong,
seus chapados
a proclamam.

Quem fuma,
gargalha quando dança.
Quem dança,
envia o flagrante pra lembrança.

Então corra
porque é enfumaçada!
Queime logo à perna
e você sentirá
torção na mente:
-"Ah, ah, ah”!

Avistei uma anã risonha, saltitando entre mariscos atômicos, cantarolando um fado de Uganda, com o seu pequeno cigarro de maconha”.

Abram alas,
para à bola!
Abram alas,
que nessa
a onda bate
na marola.
RODRIGO PINTO
Enviado por RODRIGO PINTO em 08/11/2007
Código do texto: T729401
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
RODRIGO PINTO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 99 anos
318 textos (19341 leituras)
2 e-livros (917 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 06:01)
RODRIGO PINTO