Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALUMBRAMENTO I


NÃO SABENDO O QUE FAZER

Eu tenho estado sozinha,
sempre me mantendo na linha,
esperando por você.
Você esteve fugindo,
pra mim mentindo,
tentando me esquecer.
Eu tenho pensado
na situação do nosso caso,
e como me enganei em amar você.
Você esteve ocupado,
desprezando-me,
não querendo me ver.
Eu tenho estado sozinha,
não sabendo o que fazer.




CHORANDO

Estou chorando pelas pessoas que nunca vi,
pelos problemas que não sofri,
pelos erros que não cometi.
Estou chorando pela fome que não passei,
pelas lágrimas que não chorei,
pelos cigarros que não fumei.
Estou chorando pelos gritos mudos dos imbecis,
pelas pessoas que morreram por tiros de fuzis.
Irei chorar até tudo acabar.
Ireii chorar até o mundo melhora




  ELAINE BORGHI
primavera de 2005
ELAINE BORGHI
Enviado por ELAINE BORGHI em 17/11/2005
Reeditado em 18/12/2005
Código do texto: T72990

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor (Elaine Borghi) e o link para o site www.recantodasletras.com.br/autores/elaineborghi). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ELAINE BORGHI
Campinas - São Paulo - Brasil, 42 anos
56 textos (1486 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:18)