Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSOS BÁRBAROS.

VERSOS BÁRBAROS.
Marcello ShytaraLira
Sampa 21/03/2005

Um manto negro encobrindo toda a extensão aérea
Peregrino sozinho nesta, avantesma, rua...
Durante esse período fico de mente aérea
Por horas será minha rainha, ela, a grande Lua...


Que se nutre de sombras para manter-se crua...
Sombras __de meus “eus” __ frias, inumanas e funéreas...
Esvaecendo minha magnânima parte etérea
Ó rainha das trevas, para mim se mostra nua...

Cujo objetivo é fazer-me teu eterno zumbi
Fascinado, assombrado, por ti me corrompi...
Renunciei de ser a maravilha do criador

Noctívago anseio por teus deliciosos amplexos
Sem existência, enamorado e por mim sem nexo...
Obsecro aos ventos: “Lua Mulher me ame com ardor!”.
Marcelo ShytaraLira
Enviado por Marcelo ShytaraLira em 21/03/2005
Código do texto: T7316

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo ShytaraLira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
33 textos (1191 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:21)
Marcelo ShytaraLira