Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gente da gente

Demoliram a escuridão
Plantaram uma árvore que já estava no chão
Viciado em coagir
Tentamos resultado com aqueles que acabaram de sair
Mutilaram a depravação
E depois sem amor libertarão o ladrão
Porcos inertes a escandalizar
Engordando a fama conquistada de uma forma vulgar
Jeito sujo de levar a prisão
Quem buscou o sustento sem solução
Governador venha me buscar
Quero te mostrar quem acaba de chegar
A estupidez é repentina
Mas a tua maldade não me deixa blefar
Enlouqueço sem mesmo você chegar
Depois encontro algum lugar para ficar
Existe muita luz no chão
Mas o sistema te obriga a não abaixar a visão
Política é muita incompreensão
Seguindo este motivo mantenho meus pés no chão
Tendo prazer na realidade de um cidadão
Onde todos os dias encara a vida sem opção
Rodrigo Figueiredo
Enviado por Rodrigo Figueiredo em 11/11/2007
Código do texto: T732465

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Figueiredo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
11 textos (209 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 15:53)
Rodrigo Figueiredo