Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

a Parábola do brilho Eterno

O menino atirava pedras
Que deslizavam na superfície
Antes de afundar
Pensava no avô enfermo
Num leito cheirando a morte
A mulher chegou de mansinho
Dele veio se aproximar
E disse-lhe com carinho
Querido, tens que conformar
Vê as estrelas no céu?
Muitas delas não existem mais
Porém seus brilhos são tão intensos
Que por muitas gerações
Permanecerão diante dos nossos olhos
Como lembrança do que foi
Um brilho.Eterno a brilhar
Jota Brasil
Enviado por Jota Brasil em 11/11/2007
Código do texto: T733416

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jota Brasil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
16 textos (258 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 23:48)
Jota Brasil