Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

outras manhãs

Nas aldravas do grande portão de ferro,
surgem os rascantes raios inflamados,
manhã era punhal,
sangrando os escuros vãos.
Todo dia, um apanhado de lâminas
Explodindo e estilhaçando...
Pó e nuvem,
sal e sereno,
sol e silêncios
esculpidos na pedra.
Alessandra Espínola
Enviado por Alessandra Espínola em 12/11/2007
Reeditado em 12/11/2007
Código do texto: T734183
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alessandra Espínola
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
320 textos (27284 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 03:08)