Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ode à poesia

             Poesia,
Noite sombria
em que calam
as corujas.
Cálido
e transparente mugido
de um touro.
Uma pomba
dá um breve vôo
e o secreto
e obscuro coração
de uma árvore
ao mundo se arremessa
e se esvazia.
Paz!
   Vinho!
        Carinho!
               Agonia!
Sabá de bruxas
na floresta a dançarem.
Pura – flor!
Meio – dia!

Do livro Fogo de Lua & outros poemas.
Recife:UBE/PE,2004,p.18.

PS: Todos os meus poemas estão devidamente registrados no escritório de direitos autorais da Fundação Biblioteca Nacional/Rio de Janeiro/Brasil
odmar braga
Enviado por odmar braga em 19/11/2005
Código do texto: T73435
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
odmar braga
Paulista - Pernambuco - Brasil, 64 anos
29 textos (23898 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:58)
odmar braga