Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lamento

Ai Capibaribe!
Ai Capibaribe!
          Teu
insensato
leito pútrido,
Turva
na imundície
das águas,
a lenta agonia
dos peixes
e a angústia
das palavras.
Almas em Silêncio.

         Um mar
de esgoto
incólume escorre
às margens
de teu rosto ,
Dantesco
círculo vicioso
que exulta
dejetos
a bailarem .

          Espelho
mórbido de água,
insana superfície
que reflete
um odor Tísico
          A Sepultura,
Á Vinhoto,
          A Esgoto,
Á Desgosto,
À morte do Homem
e a morte do Rio.
Ai Capibaribe!
Ai Capibaribe!

Do livro Fogo de Lua & outros poemas.
Recife:UBE/PE,2004,p.20.

PS: Todos os meus poemas estão devidamente registrados no escritório de direitos autorais da Fundação Biblioteca Nacional/Rio de Janeiro/Brasil
odmar braga
Enviado por odmar braga em 19/11/2005
Reeditado em 19/11/2005
Código do texto: T73436
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
odmar braga
Paulista - Pernambuco - Brasil, 64 anos
29 textos (23898 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:38)
odmar braga