Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Querida mãe ... Um recado para ti.

Mãe...

 

Ouve este gemido e este lamento .

 Teu filho a vida , está a viver...

Esta saudade que tenho é tormento ,

porque tua ausência , me faz sofrer...

 

Mãe ...

 

A tua palavra meiga ao deitar ,

esse teu carinho desvanecido ...

Teu alegre bom dia , ao levantar.

Ah! Como era feliz por ter nascido...

 

Mãe ...

 

Porque chora meu pobre coração ?

Eu sou homem e luto para viver...

Em menino era a tua devoção,

e deste o teu carinho , para crescer...

 

Mãe ...

 

Querida ... como todas as mães da vida ,

porque choro , se Deus te quis levar ?

És sempre presente e nunca esquecida ,

és imagem que sempre vou amar

 

Mãe ... olha o teu filho.

 

De menino a homem a idoso ,

sempre lutei pelo bem , que me ensinaste ;

Fui sempre leal , bom e carinhoso ,

nessa estrada certa que me criaste ...

 

Mas olha o teu filho ó mãe...

 

Estou por agora criando beleza ...

Sou um homem que não se realizou.

Mas tenho em mim esta grande riqueza,

destas mãos saem ... tudo o que eu sou .

 

 

 

É verdade ó mãe querida ...

 

Eu não soube , amontoar a riqueza ,

bens materiais me escasseiam na vida ...

Mas criaste caracter de firmeza ;

Só por isso , nunca serás esquecida.

 

Obrigado ... ó mãe.

 

Olha estas lágrimas ... são teu presente;

Oferece a Jesus , junto com as tuas ...

ELE decerto ficará contente ,

teu filho vagueará por estas ruas...

 

Beijos etéreos ... querida mãe.
António Zumaia
Enviado por António Zumaia em 19/11/2005
Código do texto: T73604
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Zumaia
Portugal
320 textos (20399 leituras)
71 áudios (5404 audições)
5 e-livros (1754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:17)
António Zumaia