Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou

Fantoche no teu palco,
obedecendo ao te comando.
Onde tudo cheira a talco,
teu perfume vai tomando.

Sou o espinho que lhe protege,
das mãos de um outro alguém.
Seu devoto mais herege,
o que sempre lhe diz amém.

Sou a água em tua boca,
refrescando sua sede.
O calor da sua roupa,
o conforto da tua rede.

Sou o que quiser que eu seja,
quando e onde me quiser.
Lhe dou minha vida de bandeja,
pra que seja minha mulher.
Tecendo Arte
Enviado por Tecendo Arte em 13/11/2007
Código do texto: T736242

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tecendo Arte
São Paulo - São Paulo - Brasil
19 textos (111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:47)
Tecendo Arte