Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma Loucura qualquer

Do amor ao ódio
meu coraçao se arremessa
livre queda
vou me atirar
de vc nada mais resta
estou a te odiar

Pode me chamar de louca, insana...
demente social
pode me tachar do que quiser
já nao importa
o que pensas
o que sentes
de ti nada mais importa

Cansei de ser afagada e logo depois rejeitada
é um jogo
misto de seduçao e repulsa
que cansei de brincar e obedecer, ceder ao caprichos teus

De loucura em loucura
vou curando e catando meus pedaços
vou juntando os caquinhos que se partiu
meu doce coraçao

Vou erguendo cada instante
e lutando pra nao cair no chao

Cansada de tuas pequenas mentiras
de teus pequenos fracassos
vou seguindo adiante
contando cada passo

Quem nunca se apaixonou a primeira vista
quem nunca se decepcionou com tantos naos
quem nunca amou e foi ferida
quem nunca amou em vao

Experiencia vivi e tive
nao me arrependo de cada passo
mas agora sigo emfrente
e te largo
te deixo
sozinho
no teu mundinho
longe do meu afago

A fila anda minha gente
mudar de rumo nao é vergonha nao
o que se deve prevenir
ameniza o coraçao

De tantas loucuras que por ti fiz
de qualquer loucura por ti vivi
agora só resta
desprezo, esquecimento e rejeiçao.
Dani Moura
Enviado por Dani Moura em 14/11/2007
Código do texto: T737096

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dani Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
146 textos (15244 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:13)
Dani Moura