Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mais poemas - A ponta da palavra -

Poemas  - A ponta da palavra ,1a Ed.  2005 - (esgotado)

Dúbio

Será o fim da ciência
ou da consciência?

Será o fim do cristão
ou da criação?

Será o fim do arlequim
ou do anequim?

Será o fim da sua mão;
será? Meu irmão.

Será o fim do será
ou serafim?

O que será de mim?




Poesincidental

Hematophoiesis
e mato poesis.
Erário poético
em metamorfose.




Decisão

Quero partir.
Se eu partir?
Longe assim não irei existir;
então vou resistir
e, ao seu lado, ser feliz;
nem que seja por um triz.




Rio baixo ( ou a agonia do Rio Santo)

Rio baixo que revela pedras.
Dança o rio, ou vapor, de saga em saga.
Da mágoa que o sol, ao redor , revela,
seguimos nômades à nenhuma estrada.

A lua nasce num chute despido e mudo;
e crianças pálidas, enegrecidas
com giargias, consequentemente,
galgam o meio do rio carente,
rasgam o meio do fio absurdo, poluído.

O rio baixo
desmascara o falso demente
que esqueceu o valor da semente
e engoliu uma negra corrente.

Mas acima do rio influente,
seguimos despidos, doudos e contentes.






J Franco
Enviado por J Franco em 20/11/2005
Código do texto: T74068
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J Franco
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 41 anos
11 textos (590 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 14:03)
J Franco