Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dói...




A miséria com o dedo acusa… dói
Numa amargura confusa,
Com os corações apertados…dói
Tantos seres magoados…dói


Olho e vejo…tudo dança
Tudo é fausto,canta e ri…
Olho e vejo, tudo me cansa
Minh’alma só pensa em ti…


Caminhas ó felicidade,mundo além
Gritei, chamei-te, na verdade
Parei…olhei…não vi ninguém.


Ilusão louca, pobre de mim…
Ao sonhar contigo, felicidade,
Voaste…quisera eu outro fim…


Odete Simões
Enviado por Odete Simões em 17/11/2007
Código do texto: T741132

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Odete Simões). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Odete Simões
Portugal, 91 anos
68 textos (408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 06:31)
Odete Simões