Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fênix

Eliane Gonçalves***
 
Mesmo ser verter lágrimas
 Semblante sempre tristonho
Heróico desfecho no final
Dos sonhos e fantasias
 
Ruínas de um passado ilusório
Que a lembrança transporta
No tempo e na saudade
De meu álbum de fotografias
 
Jazigo perpétuo do amor
De momentos feliz e concretos
Na sepultura das emoções vividas
Que lapidado ficou pra sempre
 
Sem ter como ressurgir
Algo inerte, ora sem vida
Vejo um sonho semi morto
Nas cinzas que lá ficou
 
Fênix, eu sou!
No renascer da eterna alegria
Acreditando que encontraria amor
Na minha estrada da vida
 
Faleceu, ontem minha busca
Quando teu beijo me despertou
Das cinzas me fizeste, enfim
A mulher mais amada e feliz
 
Eliane Gonçalves
Enviado por Eliane Gonçalves em 21/11/2005
Reeditado em 21/11/2005
Código do texto: T74133
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Eliane Gonçalves
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
22 textos (4147 leituras)
3 e-livros (274 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:15)
Eliane Gonçalves