Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ansiedade

Ansiedade

O retrato de quem grita por conselho
Pra sair de um eterno labirinto...
É o flagrante  dos meus olhos, anti o espelho,
Ansiosos, pra  entender
tudo o que sinto...

Faço a vida viajar em
minha mente
Permeando nos recantos mais secretos...
Somos de Deus,
a imagem, o descendente,
mas o vejo tão distante,
tão  complexo...

Cada dia vem com o Sol
um novo alento,
E vou com ele por caminhos conhecidos...
Nave a velas
que se impõe a fortes ventos,
Retrilhando  passos, dantes percorridos...

A perfeição está em  tudo
a todo instante,
Mas não tenho consciência
pra senti-la.
Já que  Deus, nos fez seu semelhante,
Resta-me encontrar forças...
persegui-la...

A ansiedade por respostas coerentes
Faz-me crê, que Deus fugiu
do ser humano...
A estrada, que se renova, a minha frente
Não impede, ao fim,
meu desengano...

Essa inveja do que fui
por toda a vida,
Apresenta-se nos momentos de fraquezas...
Minha ânsia
em resgatar a fé perdida,
É quem arrasta minha alma
da pobreza...

Reconheço meu rigor
com “o ser sublime”...
Mas sonho senti-lo  em toda humanidade...
Sou tão tolo,
que essa busca me redime,
Tão ingênuo,
que ainda tenho ansiedade...
Jacó Filho
Enviado por Jacó Filho em 18/11/2007
Código do texto: T741750
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jacó Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
3427 textos (290316 leituras)
1 e-livros (293 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 07:31)
Jacó Filho