Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SINOS

quando os sinos soarem
estarei longe,
e quando o dia amanhecer
não estarei mais ao teu lado.

eu terei partido
um pouco antes de amanhecer,
terei fugido por ter receio
de me envolver,
por ter medo
de nunca mais querer partir.

quando você despertar
sem os raios de sol,
que eu preventivamente bloqueie
para facilitar a minha fuga,
já estarei arrependido.

por ter lhe deixado só.
por ter preparado o café sozinho,
por não enfrentar a realidade
como deveria.
por não despertar ao teu lado querida.
mário cardoso
Enviado por mário cardoso em 19/11/2007
Código do texto: T743649

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site http://recantodasletras.uol.com.br/autores/abelha). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
mário cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 32 anos
370 textos (15028 leituras)
3 áudios (243 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 18:33)
mário cardoso