Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POETISA


Sua palavra
Cada signo saído de sua boca.
Os sons que do seu sopro ecoam
Toda sua linguagem é...
Sinfonia!

Seu sorriso
Cada canto da sua boca.
Suas maravilhosas gargalhadas
Toda sua alegria é...
Sintonia!

Seus olhos
Cada brilho da íris.
O piscar de seu infinito olhar
Toda sua miragem é...
Simpatia!

Sua palavra tão cheia de magia,
Seus olhos despertos de sorriso,
Sua linguagem, mirante de fecunda paisagem,
Toda sua poética é...
Rebeldia!

Tudo em você me fala de paixão
Declara que o amor não vive sem tesão

Tudo em você me fala de folia
Revela que da vida só nos cabe a poesia

Tudo em você me fala de energia
Presenteia com desejos que nos ressuscita

Tudo em você é o que há de bom
É o que há de máximo
É o que há de casto
É o que há de acaso

E que, milagrosamente, nos salva
No momento exato.


                                              Analúcia Azevedo. 21/11/2007.



Pequena homenagem `a todas as mulheres que escrevem aqui no recanto das letras e em especial a Grande, “Evelyne Furtado”.
Analúcia Azevedo
Enviado por Analúcia Azevedo em 21/11/2007
Código do texto: T746401
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Analúcia Azevedo
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 43 anos
127 textos (12428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 00:13)
Analúcia Azevedo