Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luas

Luas

São as luas no céu escondidas
Brincando no escuro de uma nuvem gris
Que silenciam palavras perdidas...

Desinvadem o que sufoca, o que ressoa
E escrever já é tão difícil
Em cordel de fogo, em Fernando Pessoa

(Na pessoa que fica
A risada que não se escuta
Em cada palavra engolida)

E a lua ainda brinca de brilhar sem mais razão
E ilumina a palavra aflita. Palavra estendida
Na ponta da língua ...  voz de uma canção.
Paula Cury
Enviado por Paula Cury em 22/11/2005
Código do texto: T74648

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paula Cury
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
114 textos (8470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:12)
Paula Cury