Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do óbvio não te esqueças

Respira o ar,
sorva dele cada átomo,
sinta do mar cada molécula,
e da natureza cada menor porção,
nem sempre será assim tua visão,
e não será melhor, nem pior,
apenas diferente a cada nova realidade,
e vai que, de repente,
tu sintas saudades de tudo
daquilo que não mais terás.

Aproveita então, sente então,
vive em paz e não te esqueças
que nada nesta vida dura para sempre.
E se achas que te digo o óbvio,
responda-me por que te esqueces sempre disso?

 

Lucas Castro
Enviado por Lucas Castro em 21/11/2007
Reeditado em 12/10/2008
Código do texto: T746716

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Lucas Castro e o site www.eporfalarpoesias.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Lucas Castro
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 56 anos
157 textos (6162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:12)
Lucas Castro

Site do Escritor