Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero beijar tua alma


 Hei-de roer as manhãs que falam medo
hei-de beijar-te a alma em sua morte

Hei-de saber teus ritos matinais
sentir tua inveja quando pensas
o nada mais perverso do teu sonho
essa renda tão fina que te dorme

Hei-de afogar na vida a minha noite
hei-de lembrar das horas que choraste
e beber a pureza de teu nome
tua santa maldade que rejeitas

Hei-de sentir-te a bela renascida
tua grandeza de eva paraíso









António Soares
Enviado por António Soares em 23/11/2007
Código do texto: T749032

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Soares
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 83 anos
101 textos (4437 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 14:44)
António Soares