Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mais Um Dia

Quando o fim de tarde se aproxima
Eu cumpro meu ritual diário
Sento na areia da praia
E ela começa a afundar
Sob o peso que carrego nos ombros
Sinto cada músculo estalando
Estou no limite de minhas forças
E sempre me espanto
Por ter suportado mais um novo dia
Lentamente, o sol vai me abandonando
Deixando meu corpo livre
Para ser possuído pelas garras da noite
Seu toque gelado me envolve
Fazendo meu coração quase parar
Não há som ou qualquer sinal de vida
Apenas estrelas
Que parecem brilhar exultantes de indiferença
E um mar negro e tão calmo
Que me assusta ainda mais
Por esconder perigos inimagináveis
Pensamentos, sentimentos e lembranças
Inundam minha mente
E o tempo passa...
Enfim, a manhã se aproxima
O calor do sol aquece meu corpo
E me sinto reviver
Ouço o canto de pássaros
Sinto o cheiro salgado do mar
Suas ondas brilhando à luz matutina
E chego à ousadia de pensar
Que a vida pode ser bela
Que essa noite de desespero foi a última
Mas de repente
Meu sorriso se torna amargo
Meus ombros doem
A areia começa a afundar outra vez
E eu sei...
E você sabe...
Que ao fim de mais um dia
Eu estarei aqui novamente
Luciana Alcantara
Enviado por Luciana Alcantara em 23/11/2007
Reeditado em 02/03/2008
Código do texto: T749085
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciana Alcantara
Recife - Pernambuco - Brasil
28 textos (2245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 22:43)
Luciana Alcantara