Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E teus cabelos frios como o fogo

E teus cabelos frios como o fogo

7 - Mais belo que a serpente que me afaga
são teus cabelos frios como o fogo

A manhã já vivida é que nos salva
primavera de outonos matinais
Sensação que me beija é o meu nome
um tão imenso hoje dinossauro

Que doçura de sonho o teu dormir
como é religioso o teu desdém!
Como sabes mentir em tua prece
e como tua reza nega o céu!

Meu sorriso pensando é tua cruz













 

António Soares
Enviado por António Soares em 24/11/2007
Código do texto: T749985

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Soares
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 83 anos
101 textos (4440 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 23:03)
António Soares